Boletim Turismo 15-11-19

Proyecto CRECEER

Este boletim emite-se de forma periódica no marco do projecto CRECEER, e nele se analisam oportunidades tecnológicas e comerciais que podem contribuir ao desenvolvimento do turismo rural em nossas zonas rurais.

O projecto CRECEER está cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020.

 

TURISMO RURAL
Inventário de recursos geológicos na província de  Salamanca (em inglês)
Um estudo realizado por pesquisadores espanhóis tem inventariado diferentes recursos geológicos nas províncias espanholas de Ávila, Cáceres e Salamanca, chegando à conclusão de que existe material para desenvolver um geoparque de alcance internacional que poder-se-ia denominar “Geoparque das três correntes montanhosas e os três rios de  Salamanca”. O artigo que têm publicado também propõe o uso de voos virtuais em 3D utilizando aplicações públicas gratuitas, para substituir a informação actualmente fornecida em formato de painéis, cartazes, folhetos e guias que poder-se-iam substituir com realidade aumentada, que permitiria a distribuição aberta de documentação: fotografias, diagramas, gráficos, perfis de terreno, etc., para a cada geositio.
App portuguesa para gestão de experiências enoturísticas
Alle Wine é uma app que fará a gestão integrada da experiência enoturística, desde o momento inicial até à avaliação final. Esta app destina-se a dois públicos, os enoturistas e os produtores de vinho, e pretende ser um facilitador e agregador da experiência do enoturismo, permitindo ao utilizador poder descobrir, escolher, marcar e chegar às adegas/produtores de forma autónoma, simples e conveniente. O enoturista poderá ainda fazer a reserva da sua viagem, estadia e escolher os melhores locais para degustação
Escapadas com variedade de experiências
Num mundo no que as mudanças se sucedem com rapidez, a maioria da gente anda escassa de tempo, também em férias. Os viajantes tratarão de usar seu tempo com a maior eficiência possível, pelo que, em 2020, em lugar de eleger um único tema para suas férias, a gente inclinar-se-á a cada vez mais por destinos que ofereçam uma ampla variedade de experiências e atrações atraentes. O turismo rural pode explorar estes desejos dos viajantes para oferecer combinações atraentes de descanso, natureza, gastronomia e percursos históricos, por exemplo.
Desenham rotas turísticas para sensibilizar sobre a emergência climática
A partir de 22 de novembro pôr-se-á desfrutar em Málaga de uma série de rotas turísticas destinadas a sensibilizar sobre a emergência climática e explicar conceitos tão importantes como a economia circular, a ecologia ou a aposta pelo comércio local. As excursões desenvolvem-se baixo o modelo conhecido como “free tour” no que o participante, ao final do percurso, decide quanto paga; fórmula que -segundo o criador- “lhes mantém motivados”. Os trajectos previstos evitarão zonas turísticas como o centro e guiarão a seus visitantes por bairros vizinhos nos que falarão de economia circular, anéis verdes e concentrações e emissões desde o lugar onde se produzem.

Tecnologia para impulsionar o desenvolvimento rural

O turismo rural não se  circunscribe só a receber turistas. Prova disso é que a iniciativa ‘O sabor de Fethiye’ que Travel Foundation está a levar a cabo em Turquia, anima aos produtores a gerar alimentos para os hotéis locais e informar disso aos visitantes.
A tecnologia aplicada ao turismo em Arqueologia
A comunicação directa e a tempo real com os utentes interessados na arqueologia deve ser constante, sendo uma eficaz maneira fomentando o uso das redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter…) que permitam não só mostrar e promover os eventos, senão a evolução das novas descobertas, gerando altas percentagens de interacção.
DEBATES
Pensam que o  geoturismo pode ajudar ao desenvolvimento do turismo rural em Castilla y León e Portugal?
O artigo que se enlaça descreve uma série de recursos geológicos de interesse internacional na província de Salamanca, junto com ferramentas descritivas dos mesmos com ferramentas gratuitas de Internet. Esta informação poderia ser aproveitada pelos estabelecimentos de turismo rural para desenvolver rotas de  geoturismo. Julgam-no viável?

Inventário de recursos geológicos na província de  Salamanca (em inglês)

Subvenções para o financiamento de projetos destinados a promover a inovação cofinanciados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)

Podem candidatar freelancers e PME que tenham a sua sede social ou pelo menos um centro de trabalho em Castilla y León. Comunidades de propriedade, sociedades civis, fundações e associações sem fins lucrativos são excluídas.

O beneficiário deve apresentar o pedido de subvenção antes de iniciar o trabalho no projeto.

Os projectos elegíveis consistiriam na prestação de serviços avançados de aconselhamento e assistência técnica destinados a: protecção dos direitos de propriedade industrial, acesso a deduções fiscais para o desempenho de actividades de investigação e desenvolvimento (I&D) e de inovação tecnológica (TI), assessorando a empresa na inovação, a fim de implementar nela um sistema de eficiência produtiva e/ou melhoria organizacional, e assessoria à empresa em inovação em seus processos de gestão e organização através da implementação do soluções de computação em nuvem.

A concessão das subvenções será realizada em sistema licitatório não competitivo de acordo com sua ordem de apresentação, conforme art. 34 da Lei 13/2005, de 27 de dezembro, e se a documentação está completa e levando em conta a disponibilidade orçamentária.

A ajuda consistirá numa subvenção não reembolsável, que será determinada como uma percentagem fixa de 65% a aplicar ao custo elegível, que poderá atingir 75%, dependendo da localização do projeto.

As candidaturas podem ser apresentadas até à publicação do convite para substituir o presente ou a publicação do fechamento do mesmo.

As condições acima são um resumo não exaustivo de natureza consultiva. Para maior precisão, consulte as informações e documentação disponíveis neste link

SERVIÇO DE VIGILÂNCIA COMPETITIVA

Pode visualizar boletins anteriores fazendo clique AQUI

Para mais informação sobre o projecto CRECEER visite nosso site http://www.creceer.org/pt/inicio-2/

Proyecto CRECEER

Se deseja não receber mais boletins, envie um correio à direcção info@creceer.org com o assunto “BAIXA BOLETIM”.