Boletim Agroalimentario 01-12-19

Proyecto CRECEER

Este boletim emite-se de forma periódica no marco do projecto CRECEER, e nele se analisam oportunidades tecnológicas e comerciais que podem contribuir ao desenvolvimento do turismo rural em nossas zonas rurais.

O projecto CRECEER está cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020.

 

AGROALIMENTARIO RURAL
Ingredientes funcionais não modificados genéticamente
À medida que crescem os desejos dos consumidores de ingredientes multifuncionais e não modificados geneticamente, os edulcorantes de aveia líquida e seca se convertem numa opção atraente para barras, bolachas, roscas e outros produtos cozidos. Fabricam-se com  aveia germinada de grão inteiro minimamente processada, produzindo um  jarabe com uma doçura suave e agradável sabor e aroma a aveia. Naturalmente ricos em proteínas, minerais, fibra  solúvel e antioxidantes, os extractos oferecem não sozinho benefícios nutritivos senão também muitos activos funcionais que incluem coloração (reacção de Maillard), controle de cristais para produtos congelados, textura melhorada e vida útil prolongada. Estas características fazem-nos adequados para cereais e granolas, barras de café da manhã, crepes, bolachas e uma ampla variedade de produtos cozidos.
Decorre no Alentejo a iniciativa “Km0
Está em curso no Município de Évora a iniciativa Km0, cujo principal objectivo é potenciar o consumo de produtos agro-alimentares de origem local, e por essa via também dinamizar a produção e transformação dos mesmos na região. Pretende-se assim contribuir para a diversidade e resiliência do sistema alimentar regional e para a valorização dos produtos de origem local.
Tendências na indústria de embalagem
Os experientes da consultora de negócios  Mckinsey prevêem um crescimento sustentado da indústria de embalagenss, à medida que as tendências que se refletem no seguinte gráfico se consolidam no sector:

Ingrediente para produtos veganos
O azeite de Ahiflower pode-se utilizar em formulações para bebidas como leite de aveia, soja e nozes e sobremesas como iogurtes e batidos. Tem mais de quatro vezes os benefícios ômega-3 do azeite de linhaça. Os ômegas, e em particular os ômega-3, são problemáticos para seu uso em formulações de alimentares devido aos desafios que apresenta em sabor e estabilidade. Os consumidores preocupados pelos problemas de sustentabilidade associados à obtenção de ômegas dos azeites marinhos agora podem recorrer a azeites funcionais como Ahiflower.

Substituímos ou reduzimos o açúcar?

A formulação da composição dos alimentos não é uma tarefa fácil, mas ante a forte demanda dos consumidores que reclamam com maior frequência produtos com menos açúcares, as empresas se encontram ante a eleição de, ou mudar a composição de seus produtos sendo conscientes de que o açúcar tem importantes funções tecnológicas, ou bem lhe procurar um substituto. Que fazer então? Verdadeiro é que os consumidores, ante a preocupação de incluir em sua alimentação menos açúcares dos necessários (quantidades recomendadas), começam a se profissionalizar na leitura das etiquetas. Seu interesse por compreender a composição dos alimentos vai em aumento, tal e como mostra, o aumento de aplicações móveis que ajudam ao consumidor a catalogar os produtos alimentares como saudáveis ou não saudáveis. Ante esse palco, muitas companhias têm apostado nos últimos anos pela redução do açúcar na elaboração de seus productos.
Hortícolas Javier Miranda, uma empresa que cresce a base de seriedade, inovação e trabalho
Javier Miranda é um jovem de 28 anos que quando fala transmite a ilusão que põe em todo o que faz. Dedica-se ao que gosta e se lhe nota. Sua empresa tem só 7 anos, mas é um exemplo de profissionalização no sector hortícola e não para de crescer, inovar e diversificar. Em 2019 maneja 52 hectares no norte da província de Lugo, que esperam converter em 70 no ano 2020. Cultivam batatas, favas, cebolas, judias, pepino, abobrinha, couve galega, acelga, couve-flor, pimento, alho-porro e berinjelas.
App portuguesa para gestão de experiências enoturísticas
Alle Wine é uma app que fará a gestão integrada da experiência enoturística, desde o momento inicial até à avaliação final. Esta app destina-se a dois públicos, os enoturistas e os produtores de vinho, e pretende ser um facilitador e agregador da experiência do enoturismo, permitindo ao utilizador poder descobrir, escolher, marcar e chegar às adegas/produtores de forma autónoma, simples e conveniente. O enoturista poderá ainda fazer a reserva da sua viagem, estadia e escolher os melhores locais para degustação

Subvenções para o financiamento de projetos destinados a promover a inovação cofinanciados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)

Podem candidatar freelancers e PME que tenham a sua sede social ou pelo menos um centro de trabalho em Castilla y León. Comunidades de propriedade, sociedades civis, fundações e associações sem fins lucrativos são excluídas.

O beneficiário deve apresentar o pedido de subvenção antes de iniciar o trabalho no projeto.

Os projectos elegíveis consistiriam na prestação de serviços avançados de aconselhamento e assistência técnica destinados a: protecção dos direitos de propriedade industrial, acesso a deduções fiscais para o desempenho de actividades de investigação e desenvolvimento (I&D) e de inovação tecnológica (TI), assessorando a empresa na inovação, a fim de implementar nela um sistema de eficiência produtiva e/ou melhoria organizacional, e assessoria à empresa em inovação em seus processos de gestão e organização através da implementação do soluções de computação em nuvem.

A concessão das subvenções será realizada em sistema licitatório não competitivo de acordo com sua ordem de apresentação, conforme art. 34 da Lei 13/2005, de 27 de dezembro, e se a documentação está completa e levando em conta a disponibilidade orçamentária.

A ajuda consistirá numa subvenção não reembolsável, que será determinada como uma percentagem fixa de 65% a aplicar ao custo elegível, que poderá atingir 75%, dependendo da localização do projeto.

As candidaturas podem ser apresentadas até à publicação do convite para substituir o presente ou a publicação do fechamento do mesmo.

As condições acima são um resumo não exaustivo de natureza consultiva. Para maior precisão, consulte as informações e documentação disponíveis neste link

SERVIÇO DE VIGILÂNCIA COMPETITIVA

Pode visualizar boletins anteriores fazendo clique AQUIPara mais informação sobre o projecto CRECEER visite nosso site http://www.creceer.org/pt/inicio-2/Proyecto CRECEERSe deseja não receber mais boletins, envie um correio à direcção info@creceer.org com o assunto “BAIXA BOLETIM”.