Boletim Agroalimentario 01-10-19

Proyecto CRECEER

Este boletim emite-se de forma periódica no marco do projecto CRECEER, e nele se analisam oportunidades tecnológicas e comerciais que podem contribuir ao desenvolvimento do turismo rural em nossas zonas rurais.

O projecto CRECEER está cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020.

 

AGROALIMENTARIO RURAL
Consentio, plataforma digital para a compra de frutas e hortaliças
Consentio é uma solução digital para o comércio B2B com o objectivo de agilizar e optimizar de forma cómoda e singela a interacção entre os operadores do sector hortÍcola e frutícola e do sector agroalimentar: produtores, comércios, cooperativas, comerciantes por atacado, supermercados e inclusive com os do canal varejista. Graças a Consentio pode-se criar de forma fácil uma lista de produtos próprios, compartilhar com os clientes e gerir os pedidos desde o móvel ou computador. Não é por tanto nem um mercado aberto nem um sistema de comunicação instantânea ao uso.
Aumenta a demanda de alimentos em base a plantas 
Segundo o questionário de consumidores de Innova Market Insights de 2018, o 49% dos consumidores de USA estão motivados pela saúde ao comprar alternativas de carne e lacticínios. A demanda de alimentos a base de plantas está a aumentar, e os consumidores estão preocupados pelo bem-estar animal e minimizam sua impressão de carbono. Os compradores educados, como os flexitarianos, entenden que uma dieta equilibrada que aborde seus problemas de saúde pode incluir menos produtos animais.
Seis razões para levar a energia do sol às explorações agrícolas 
A maturidade da tecnologia solar fotovoltaica faz que a cada vez mais explorações agrárias utilizem a energia solar para os sistemas de bombeamento e irrigação como a melhor solução de autoconsumo. Sua eficiência é insuperável para bombeamentos direitos a  balsas de acumulação, irrigações por gotejamento, aspersão ou a gire em grandes irrigados. Ademais, para poços de lenta velocidade de recarrega, o bombeamento fotovoltaico é bem mais recomendável que o que se alimenta com electricidade da rede ou com geradores.
Mercadona e Lanzadera procuram apoiar e potenciar «startups» alimentares inovadoras
Mercadona e Lanzadera – a aceleradora de projectos tecnológicos empresariais de seu presidente, Juan Roig – impulsionarão o desenvolvimento de empresas capazes de contribuir ao desenvolvimento sustentável da corrente alimentar, com o fim de dar resposta à crescente demanda da sociedade em matéria de cuidado do meio ambiente e da sustentabilidade

O lúpulo, um cultivo com projecção de futuro

O lúpulo é um dos ingredientes fundamentais da cerveja, este lhe confere o aroma e, sobretudo, o sabor amargo característico. Ainda que é um cultivo com pouca superfície em Espanha (570 tem aprox.), a demanda desta planta é a cada vez maior por parte dos fabricantes de cerveja nacionais, que têm que importar anualmente cerca do 50%. Pelo que o sector está a cada vez mais focado em seu crescimento, sobretudo, apostando pela reconversão de variedades.
Alcácer do Sal recebe investimento de 54 M€ na produção de mirtilo biológico
A antiga fábrica da Torrinha, em Montalvo, no município de Alcácer do Sal, vai ser requalificada para integrar um investimento na produção biológica de mirtilos. A Carsol Fruit Portugal é a empresa por detrás do investimento que está estimado em 54 milhões de euros e que inclui os campos adquiridos e as plantações, assim como os edifícios fabris de frio e embalamento.
Subvenções para o financiamento de projetos destinados a promover a inovação cofinanciados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)

Podem candidatar freelancers e PME que tenham a sua sede social ou pelo menos um centro de trabalho em Castilla y León. Comunidades de propriedade, sociedades civis, fundações e associações sem fins lucrativos são excluídas.

O beneficiário deve apresentar o pedido de subvenção antes de iniciar o trabalho no projeto.

Os projectos elegíveis consistiriam na prestação de serviços avançados de aconselhamento e assistência técnica destinados a: protecção dos direitos de propriedade industrial, acesso a deduções fiscais para o desempenho de actividades de investigação e desenvolvimento (I&D) e de inovação tecnológica (TI), assessorando a empresa na inovação, a fim de implementar nela um sistema de eficiência produtiva e/ou melhoria organizacional, e assessoria à empresa em inovação em seus processos de gestão e organização através da implementação do soluções de computação em nuvem.

A concessão das subvenções será realizada em sistema licitatório não competitivo de acordo com sua ordem de apresentação, conforme art. 34 da Lei 13/2005, de 27 de dezembro, e se a documentação está completa e levando em conta a disponibilidade orçamentária.

A ajuda consistirá numa subvenção não reembolsável, que será determinada como uma percentagem fixa de 65% a aplicar ao custo elegível, que poderá atingir 75%, dependendo da localização do projeto.

As candidaturas podem ser apresentadas até à publicação do convite para substituir o presente ou a publicação do fechamento do mesmo.

As condições acima são um resumo não exaustivo de natureza consultiva. Para maior precisão, consulte as informações e documentação disponíveis neste link

SERVIÇO DE VIGILÂNCIA COMPETITIVA

Pode visualizar boletins anteriores fazendo clique AQUI

Para mais informação sobre o projecto CRECEER visite nosso site http://www.creceer.org/pt/inicio-2/

Proyecto CRECEER

Se deseja não receber mais boletins, envie um correio à direcção info@creceer.org com o assunto “BAIXA BOLETIM”.